quinta-feira, 26 de maio de 2011

essa áfrica nos meus olhos



essa Africa nos meus olhos
e navegar é minha sina
em toda febre todo fogo
que incendeia o continente
nos teus olhos de menina
e eu sou um poeta
e nunca fui a china
mas vermelho é o meu sangue
desde que nasci


Nenhum comentário:

Postar um comentário