terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

jura secreta 131








o amor pode ser breve
assim como um floco de neve
um soneto em branco e preto
simbolista concreto abstrato
raio x auto retrato
subversão quando quiser
inspirado em erza pound
augusto dos anjos ou charles baudelaire
pode doer e ferir fundo
na alemanha ou na frança
bento porto sagarana
new york recife estocolmo louisiana
maceió aracaju em salvador ou paris
pode ser fulinaíma ou sacana
a marca do teu beijo em minha boca
gosto de sangue mel da cana
para sempre será profunda cicatriz

teus dedos brancos na seda
em guerra contra as palavras
a seda da tua língua
a morte que agora é lavra
ana que não é de hollanda
luisa de amsterdã
ainda arde em minha pele como a lã
teus pêlos em desalinho
que me aquecem a solidão no divã
em tardes de versos e vinho
tua carne trêmula nos lençóis
com tudo que o amor sempre quis

e quem sabe do amor somos nós
na divina comédia de dante
amar é sofrer não se espante
se ainda fazem de ti beatriz


artur gomes
http://juras-secretas.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário