segunda-feira, 20 de setembro de 2010

porrada lírica

Porrada llírica


bolero blue

beber desse conhac
em tua boca
para matar a febre nas entranhas
entre os dentes
indecente é a forma
que te bebo como ou calo
e se não falo quando quero
na balada ou no bolero
não é por falta de desejo
é que a fome desse beijo
furta quaquer outra palavra presa
como caça indefesa
dentro da carne que não sai

arturgomes
http://pelegrafia.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário