sábado, 19 de junho de 2010

bela mais que bela

ninguém sabe o nome dela


1


bebo em teus olhos serenos
o líquido que ele olha
minha língua molha
onde a tua bebe


música
que chove lá fora


2


este piercing
em teu nariz
me dói
não ser meus dedos


poemas em tua boca
pronomes em tua fala
por entre cores e nomes


um disco de Cássia Eller
tocando na tua sala



3


dama da noite
bela
onde será teu endereço?


cão vadio que sou
vou latir em tua porta
proteger tua morada


catar estrelas cadentes
brincar de são Jorge na lua
onde mordo o dragão da maldade
e te beijo vestida de nua



a flor da pele

a pele
do teu nome
a flor da pele
l no início
lavra de tudo
o que palavra
é fonte
lírios são teus olhos
girassóis
teus cílios
vento
em desmantelo
pétalas de luz
teus pêlos
onde o poema
canta
pra alvoroçar
os teus cabelos

artur gomes
http://artur-gomes.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário